GO: com ministro, Caiado participa de inauguração de 30 km de rodovia

Trecho da BR-070, em Montes Claros de GO, foi entregue com presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, nesta quinta (16/9)

atualizado 16/09/2021 20:53

goias inauguracao br 070Divulgação/Cristiano Borges

Goiânia – O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), participou, nesta quinta-feira (16/09), em Montes Claros de Goiás, da entrega de 30 quilômetros restaurados na BR-070, com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Na solenidade, foi anunciada a duplicação da BR-153 até o município de Porangatu, no Norte goiano.

“Pelo estado que a BR-070 estava, não é recuperação, é reconstrução”, disse o governador.

A assinatura de ordem de serviço para a duplicação da BR-153 até Porangatu está prevista ainda para o mês de setembro. Segundo o ministro, a iniciativa será “um grande ganho em termos de fluidez, velocidade e operação logística” para os Estados de Goiás e Tocantins.

No trecho de 30 quilômetros da BR-070, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) realizou a restauração e implantação de acostamento na rodovia, do segmento que vai do quilômetro 375 ao quilômetro 405.

Segundo o prefeito de Montes Claros de Goiás, Vilmar Maciel (PP), o ministro Tarcísio Freitas tem feito esforços para concluir obras inacabadas. “É um governo que está removendo montanhas Brasil afora. É realmente uma gestão séria, que quer resolver os problemas do país”, reforçou.

0

Ainda de acordo com o prefeito, a inauguração das rodovias é de grande importância para a região, já que agora não será mais necessário fazer desvios para chegar o município. “Temos a GO-174 que há mais de 30 anos era uma obra inacabada. E hoje já estamos passando ali, com rodovia boa. Quando não tínhamos a rodovia [em boas condições], o frete ficava R$ 1,50 mais caro porque não passava por aqui e tinha que dar uma volta de mais de 30 quilômetros. Agora, a rodovia está pronta, é só inaugurar”.

Radial

A BR-070 é rodovia radial que parte do Distrito Federal e vai até a fronteira com a Bolívia, corta Goiás e Mato Grosso, no Centro-Oeste do país. A região é conhecida por ser destaque no agronegócio brasileiro e por abrigar empresas e grupos de vários segmentos, como cooperativas agroindustriais, usinas de etanol e de bioenergia, cooperativas de crédito, companhias de alimentos, mineradoras, dentre outras.

A rodovia também é procurada pela temporada de praia em Aragarças (GO), que acontece em julho, e por outros locais da região Sudoeste do Estado de Goiás.

Ferrovia de Integração Centro-Oeste

Durante a solenidade, Caiado também anunciou outra parceria com o Ministério da Infraestrutura. Segundo o governador, nesta sexta-feira (17/09), começam as obras da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), com presença do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no município de Mara Rosa. “Com essa iniciativa as regiões do Norte goiano e do Vale do Araguaia serão integradas ao setor produtivo, facilitando o escoamento da produção agrícola e do transporte de grãos”, afirmou.

Além da entrega de trecho da BR-070 e do anúncio da duplicação da BR-153, em seu discurso, Tarcísio de Freitas destacou as potencialidades econômicas e logísticas de Goiás em relação às demais regiões do país. “É um estado rico, de gente trabalhadora, competente e que merece infraestrutura de primeiro nível. Estará entre os maiores e mais ricos do Brasil”, projetou o ministro.

Os serviços começaram em 2020 e o investimento neste segmento foi de R$ 33.398.167,14. Dos 30 quilômetros restaurados, 10 estavam em piores condições e receberam soluções mais robustas, com serviços de reciclagem de base, de Tratamento Superficial Duplo (TSD) e, em seguida, de reforço de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), em duas camadas.

Nos outros 20 quilômetros, que estavam em melhores condições, foram executados serviços de reparos profundos localizados e, em seguida, uma camada de reforço com CBUQ. Essas obras fazem parte de um contrato que abrange todo o segmento entre as cidades de Itapirapuã até Aragarças. O investimento total será de R$ 245.556.026,43.

Os trabalhos executados na rodovia permitem que o pavimento suporte de forma adequada o volume de tráfego existente na região e, também, proporcione maior segurança e conforto aos usuários que trafegam pela via.

Últimas notícias