*
 

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga o gerente de uma agência do Banco Santander suspeito de aplicar golpes milionários em vários correntistas, entre eles o cantor Leonardo. Segundo o 4º Distrito Policial de Goiânia, o rombo pode ter ultrapassado a cifra de R$ 1 milhão.

Pelo menos 30 clientes da agência, localizada no Setor Bueno, registraram denúncias de movimentações financeiras desconhecidas em suas contas. Há suspeita de que outros cantores sertanejos também tenham sido enganados. Os valores que podem ter sido desviados variam entre R$ 10 mil e R$ 100 mil.

A assessoria de imprensa do artista disse que a questão foi resolvida com o banco. Já o Santander, por nota, informou que “tem interesse na investigação de responsáveis e apoiará integralmente a investigação”.

Até o momento, o gerente que é suspeito de cometer os crimes não foi encontrado e a investigação segue em andamento.

 

 

COMENTE

golpegoiânialeonardoBanco Santander
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil