*
 

O Gabinete de Intervenção Federal na segurança pública do Rio de Janeiro inspecionou, nesta quarta-feira (11/4), as delegacias de polícia dos bairros de Realengo e Bangu, na zona oeste da cidade, devido à proximidade com a Vila Kennedy, onde tropas do Exército fazem patrulhamento diário durante o turno da manhã. Durante a noite e a madrugada, o policiamento ostensivo e repressivo é feito pela Polícia Militar.

O chefe de Gabinete da Intervenção Federal, general Mauro Sinott, acompanhado de um grupo de militares do Exército, vistoriou as dependências da delegacia de Realengo, onde foi recebido pela delegada titular, Márcia Cristina Xavier.

Sinott lembrou aos policiais civis que, na semana passada, o gabinete começou a trabalhar com a Polícia Civil para identificar problemas e buscar soluções e que, nesta semana, decidiu ir pessoalmente conhecer as delegacias. “Precisamos conhecer a rotina de vocês para ver como podemos contribuir de maneira a melhorar as condições de trabalho”, disse.

O general lembrou das ações emergenciais e estruturantes que o gabinete vem realizando para diminuir os índices de criminalidade na cidade e fortalecer o trabalho das delegacias. “Escolhemos essas duas instituições pelo trabalho que estamos realizando na Vila Kennedy”, disse Sinott.

Ao término da inspeção, o general afirmou à equipe que as inspeções são uma maneira de conhecer a realidade de quem faz segurança pública, e agradeceu aos policiais pela recepção.

Outra equipe da intervenção federal visitou as instalações da delegacia de Bangu.

 

 

COMENTE

Rio de Janeirointervenção federalintervenção no rio
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil