*
 

O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (27/3), em sua conta no Twitter, a assinatura de uma Medida Provisória (MP) que prevê o repasse de R$ 1,2 bilhão para custear as operações da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. “Nós vamos vencer essa batalha contra o crime organizado”, escreveu o presidente ao divulgar a medida.

A MP é uma resposta de Temer às declarações do interventor Walter Souza Braga Netto, que, na segunda (26), disse serem necessários R$ 3,1 bilhões para o restabelecimento da paz no estado. Após a fala do interventor, o presidente anunciou a transferência de R$ 1 bilhão para a segurança pública.

Ainda na segunda, Temer  pediu pressa na resolução do assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes.

Os dois foram assassinados no dia 14 de março, quando a vereadora saía de um evento na Lapa e se dirigia a sua casa no bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio. Marielle e Anderson foram mortos a tiros,após depois que saírem de um evento ligado ao movimento negro, na Lapa.

 

 

COMENTE

Michel Temerintervenção no riogeneral Walter Braga NettoBraga Netto
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil