Fumaça de queimadas no Pantanal faz avião com Bolsonaro arremeter em MT

Presidente foi à cidade de Sinop para receber uma homenagem de agricultores e pecuaristas locais

atualizado 18/09/2020 12:55

Igo Estrela/Metrópoles

O avião presidencial onde estava o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a comitiva precisou arremeter ao tentar pousar no Aeroporto Municipal Presidente João Figueiredo, em Sinop, no Mato Grosso.

Durante a tentativa de pouso nesta sexta-feira (18/9), o piloto da aeronave relatou falta de visibilidade, causada pela fumaça das queimadas na região do Pantanal, e fez uma nova tentativa, desta vez, bem sucedida.

“Chegando aqui, quando o avião foi pousar hoje, ele arremeteu. A visibilidade não estava muito boa, mas na segunda vez conseguimos pousar”, disse Bolsonaro ao iniciar o discurso em evento no qual foi homenageado por agricultores e pecuaristas da região.

O presidente tem outra agenda no estado. Ele participa da entrega de títulos de propriedade rural no município de Sorriso e do lançamento simbólico do plantio de soja. Às 15h30, está previsto o retorno para Brasília.

0
Queimadas no Pantanal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) alegou que incêndios em vegetação ocorrem no Brasil há anos e a pressão sobre o governo brasileiro ocorre porque países estrangeiros “têm interesse em enfraquecer o agronegócio nacional” por serem “concorrentes”.

O chefe do Executivo não especificou se estava se referindo às queimadas na Amazônia ou no Pantanal, pois ambos os biomas sofrem com o problema e já registram mais focos nos primeiros 17 dias de setembro do que no mês inteiro de 2019.

“Nós estamos vendo alguns focos de incêndio em todo o Brasil. Isso acontece ao longo de anos, e temos sofrido uma crítica muito grande, porque, obviamente, quanto mais nos atacarem, melhor interessa para os nossos concorrentes para aquilo que nós temos de melhor, que é o nosso agronegócio. Países outros que nos criticam não têm problemas de queimadas, porque já queimaram tudo em seu país”, criticou.

Últimas notícias