França: primeiro-ministro cita Bolsonaro e cloroquina e deputados riem

Líder francês Jean Castex usou o Brasil como exemplo de que a hidroxicloroquina não é eficaz contra o coronavírus

atualizado 13/04/2021 23:26

O primeiro-ministro francêsDivulgação

Durante anúncio feito nesta terça-feira (13/4) de que todos os voos entre a França e o Brasil estão suspensos “até novas ordens”, por conta da variante brasileira da Covid-19, o primeiro-ministro da França, Jean Castex, fez os membros do parlamento francês rirem ao dizer que o Brasil é o país que mais receita a cloroquina/hidroxicloroquina como tratamento para a Covid-19.

O francês ainda usou o Brasil como exemplo de que a hidroxicloroquina não é eficaz contra o vírus. A substância é defendida pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro (sem partido) desde o início do surto da pandemia no país.

A eficácia da cloroquina contra o coronavírus já foi refutada por vários estudos e inclusive pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Veja imagens:

0

Últimas notícias