Filho de líder do PCC em São Paulo é preso no Rio após aplicar golpes

Segundo a polícia, suspeito usava programas para criar usuários falsos, obter dados de cartões de crédito e praticar fraudes na internet

atualizado 23/02/2021 18:52

Preso Renan, filho de líder do PCC no RioDivulgação Polícia Civil

Rio de Janeiro – A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prendeu, na tarde desta terça-feira (23/2), no Rio de Janeiro, Renan Araújo de Simone, de 29 anos. Renan é filho de Ronaldo José de Simone, o Elefante Branco, um dos maiores líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) em São Paulo, e sobrinho de Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê do Mangue, segundo no comando do PCC até ser morto, em 2018.

A DRCI foi capaz de encontrar o criminoso após receber informações de que Renan estava escondido no Rio e realizar um monitoramento por meio de rastreamento dos endereços de IP.

Segundo a polícia, Renan usava programas específicos para criar usuários falsos, obter dados de cartões de crédito e praticar fraudes na internet, desde compras de produtos diversos até aluguéis e veículos.

Os policiais da DRCI seguirão investigando o caso para tentar identificar as ligações de Renan com a facção criminosa PCC no estado do Rio.

Últimas notícias