Fernando de Noronha volta a exigir teste de Covid para entrar na ilha

Além do exame, uso de máscara voltou a ser obrigatório. Mudanças começam a valer no dia 13 de janeiro

atualizado 06/01/2022 12:29

Fernando de Noronha, PEViagens Cinematográficas/Reprodução

A entrada em Fernando de Noronha, em Pernambuco, será permitida apenas a quem apresentar o exame RT-PCR, com resultado negativo para Covid-19, de até 48 horas antes. Essa medida, assim como o uso de máscara obrigatório, será exigida a partir do dia 13 de janeiro.

É necessário também apresentar a carteira de vacinação na chegada, comprovando duas doses de qualquer uma das vacinas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A medida não se aplica a crianças.

A decisão foi motivada pelo aumento do número de casos de infecção do vírus no Brasil e o crescimento global da variante Ômicron. “A medida visa trazer uma maior segurança para moradores e turistas”, afirmou a Administração da Ilha, por meio de nota.

No local, o uso de máscara era opcional em espaços públicos ao ar livre desde novembro do ano passado. Nessa época, o governo informou que a liberação foi permitida em razão de todos os adultos da ilha terem recebido as duas doses do imunizante.

Mais lidas
Últimas notícias