Ferido no incêndio do Flamengo sai da CTI e está “clinicamente bem”

Cauan Emanuel e Francisco Diogo, internados no Hospital Vitória, encontram-se em situação estável. Jhonata Ventura tem quadro grave

Arquivo pessoalArquivo pessoal

atualizado 10/02/2019 15:59

Um dos sobreviventes do incêndio que destruiu parte do Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, o garoto Cauan Emanuel (foto em destaque), recebeu alta do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e está  “clinicamente bem”, informou o clube, em comunicado publicado no início da tarde deste domingo (10/2).

Cauan está internado no Hospital Vitória, assim como Francisco Dyogo, que tem apresentado “curva de melhora”, segundo o Flamengo. Francisco, no entanto, “se recupera um pouco mais lentamente e segue com tratamento de fisioterapia respiratória no CTI”.

Internado no Hospital Pedro II, Jhonata Ventura ainda apresenta um quadro considerado “grave”. Ele permanece “hemodinamicamente estável”, porém ainda está “sedado e em ventilação mecânica”. “Jhonata apresentou febre nas últimas 24 horas. O atleta realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas”, prosseguiu a nota

Confira a nota na íntegra:

O Clube de Regatas do Flamengo informa que o atleta Cauan Emanuel teve alta do CTI e seguirá para o quarto no início da tarde deste domingo (10). O menino está bem clinicamente e respira sem ajuda de oxigênio. O atleta Francisco Dyogo está em curva de melhora, mas se recupera um pouco mais lentamente e segue com tratamento de fisioterapia respiratória no CTI. O chefe do Departamento Médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o médico das categorias de base do clube, Dr. Mauro Fonseca, além do clínico cardiologista do Hospital Vitória, responsável pela internação dos meninos, Dr. Fernando Bassan, acompanham a evolução dos quadros.

Já o atleta Jhonata Ventura permanece hemodinamicamente estável, internado no centro de tratamento de queimados do Hospital Pedro II em estado grave, sedado em ventilação mecânica. Jhonata apresentou febre nas últimas 24h. O atleta realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas. Os médicos do Flamengo, Drs. Luiz Claudio Baldi e Gustavo Dutra, seguem acompanhando a situação do atleta.

Tragédia
O incêndio que destruiu o CT do Flamengo e tirou a vida de 10 pessoas começou por volta das 5h de sexta (8). O local foi completamente consumido pelo fogo. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas por volta das 7h30.

A tragédia do Flamengo sensibilizou outras equipes de futebol, o meio político, artistas, entidades sociais e a comunidade internacional. Corinthians, Fluminense, Vasco, entre outros times, se manifestaram a respeito do tema.

presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) também fizeram publicações se solidarizando com as famílias dos jovens atletas mortos no desastre.

Entre os famosos, Preta Gil, Neymar e dezenas de outros artistas usaram as redes sociais para expressar seus sentimentos.

Últimas notícias