Enchente no Rio Meia Ponte alaga residências em Goiânia; veja vídeo

Segundo Corpo de Bombeiros, não houve registro de feridos, mas moradores sofreram prejuízos materiais. Água subiu cerca de 3 metros

atualizado 14/01/2022 17:06

goias alagamento meia ponteDivulgação/CBMGO

Goiânia – Após as chuvas intensas, que caíram quase ininterruptamente por quase duas semanas, uma enchente elevou o nível do Rio Meia Ponte e provocou o alagamento de residências no setor Recanto do Bosque, na região noroeste da capital goiana. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, não houve o registro de feridos, no entanto, os moradores tiveram prejuízos materiais.

De acordo com a corporação, sete casas foram atingidas pela água e os moradores foram orientados a deixar o local. Conforme explicação da Defesa Civil ao Metrópoles, a região é alagadiça, de várzea (brejo), e não poderia ser habitada. Contando as últimas elevações no volume do rio, ele estaria 3 metros acima do nível normal.

O rio é um dos principais afluentes do rio Paranaíba, e sua bacia abastece cerca de 50% da população goiana.

Veja o vídeo:

Monitoramento

Na última terça-feira (11/1), já sabendo do aumento do volume do rio, a Guarda Civil Metropolitana de Goiânia monitorou o local. De acordo com o órgão, o objetivo era acompanhar a situação em razão das chuvas intensas. Segundo a pasta, foi levantado um grande aumento do nível do rio, que está 2 metros acima do normal, porém com bom escoamento da água.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Robledo Mendonça, mesmo com as chuvas dos últimos dias, não foram verificados grandes impactos na cidade. “Estamos com todas as nossas equipes em alerta, e orientando as comunidades ribeirinhas, ou seja, que tenham edificações próximas a corpos hídricos para estarem atentos e alerta a quaisquer sinal de alterações em suas edificações ou de vizinhos. Assim como, a necessidade de que essas informações nos sejam repassadas para que possamos atuar”, informou.

0

Ainda segundo a Defesa Civil, a cidade de Goiânia está em alerta amarelo, o que significa que o monitoramento continua e que todos devem ficar atentos e tomar medidas de autoproteção. Outra recomendação é não atravessar enxurradas durante chuvas fortes e nem trafegar em ruas sujeitas a alagamento ou próximas a córregos, pois o nível pode mudar rapidamente e provocar transbordamento.

Mais lidas
Últimas notícias