Em vídeo, Moro elogia política social nos governos de Lula

Pré-candidato à Presidência pelo Podemos, ex-juiz disse não ter problema pessoal com petista, mas cobrou responsabilização por desvios

atualizado 11/01/2022 17:09

Sergio Moro se filia ao PodemosRafaela Felicciano/Metrópoles

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, pré-candidato à Presidência da República pelo Podemos, usou suas redes sociais para divulgar um vídeo no qual defende a Lava Jato e acusa os governos do PT de corrupção, mas também diz que não tem nenhum problema pessoal com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e chega a elogiar sua gestão na área social.

No vídeo, que publicou com a legenda “A verdade sobre a Lava Jato”, Moro replica trecho de uma entrevista dele explicando conquistas da Lava Jato e lembrando que sua sentença condenatória contra Lula, proferida em 2017 e anulada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado, foi confirmada em outras instâncias.

“Agora, não é uma questão pessoal. Eu nunca tive nenhum problema pessoal com o ex-presidente Lula, acho que durante o governo dele essa ênfase na política social foi importante”, disse Moro, antes de fazer uma ressalva: “Embora tenha sido uma continuidade do Bolsa Escola, do presidente Fernando Henrique”, referindo-se a um programa social do governo tucano que antecedeu Lula e que foi absolvido pelo Bolsa Família, um dos eixos da política social petista.

Veja:

Após esse reconhecimento, Moro afirma, porém, que “se tem escândalos sucessivos no governo, que foi o caso do PT com Mensalão, Petrolão, você tem que responder por seus atos”. Ele prosseguiu avaliando que o “desmonte progressivo da Lava Jato é retrocesso, é volta àquele passado”.

Veja a postagem completa do ex-ministro da Justiça:

Mais lidas
Últimas notícias