Em ônibus, mulher chama adolescentes de “macacos” e é presa

Revoltados com a situação, os próprios passageiros acionaram a polícia e impediram o desembarque. Caso aconteceu em Vitória

atualizado 31/01/2020 18:37

Divulgação/TV Gazeta

A atitude racista de uma mulher revoltou passageiros de um ônibus do sistema Transcol, em Vitória, na manhã desta sexta-feira (31/01/2020). Ela chamou dois adolescentes negros, de 15 e 16 anos, de “macacos“. A polícia foi acionada e prendeu a autora das ofensas. A informação é do portal G1.

Segundo depoimentos, os adolescentes embarcaram no transporte público e viram a mulher, que é branca, sentada em um assento preferencial. Ao lado, havia uma mãe, negra, com um bebê de colo, em pé. Eles então pediram para a acusada ceder o lugar.

Mesmo estando sentada em um dos assentos preferenciais – reservados a idosos, gestantes ou pessoas com crianças de colo e pessoas com necessidades especiais –, a mulher se revoltou com o pedido e chamou os dois de macacos. Ela ainda afirmou que eles não tinham o direito de dirigir a palavra a ela.

Após as ofensas, a mulher tentou desembarcar do ônibus no Terminal de Carapina, na Serra. No entanto, foi impedida pelos passageiros, que acionaram a polícia. Ela foi encaminhada à Delegacia Regional da Serra, onde foi autuada por injúria racial. A fiança estabelecida foi de R$ 1 mil.

Últimas notícias