Ciro Gomes sobre eleição: “Estou pedindo a bola. Tenho experiência”

Nas principais pesquisas eleitorais, o pedetista aparece em terceiro lugar na corrida ao Planalto, atrás de Lula (PT) e Bolsonaro (PL)

atualizado 16/09/2022 14:39

Fábio Vieira/Metrópoles

Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência da República, afirmou, nesta sexta-feira (16/9), que tem “lutado” para disputar o segundo turno das eleições. A declaração foi dada durante caminhada com apoiadores em Campina Grande, na Paraíba.

A 16 dias do primeiro turno das eleições, previsto para 2 de outubro, o candidato foi questionado se está confiante para uma possível virada no resultado dos votos. Nas principais pesquisas eleitorais, Ciro aparece em terceiro lugar na corrida ao Planalto, atrás de Lula (PT) e Bolsonaro (PL).

“Eu não luto porque confio, luto porque é necessário. Cheguei em Campina Grande, daqui vou para Belém discutir com o povo amazônida. À noite vou para o Amapá. Quem faz assim está acreditando que Deus vai abençoar a grande nação brasileira”, afirmou.

Presidente, governador, senador e deputado: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022

O candidato pediu uma oportunidade aos eleitores e fez analogia a um jogo de futebol. “Estou me deslocando, estou fora da linha de impedimento. Não sou ladrão, não tenho que responder acusação de corrupção, estou pedindo a bola, já fui artilheiro, tenho experiência. Estou no ponto. Se passar a bola eu faço um gol de placa e devolvo ao povo brasileiro a confiança no futuro”, disse.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Agenda

Ciro Gomes cumpre agenda em diversos estados nesta sexta. Durante a manhã, o pedetista participa de eventos na Paraíba. À tarde, ele visita a capital do Pará, Belém. No fim do dia, Ciro vai ao Amapá para encontro com o governador Waldez Góes, na Sede do Maracatu.

Mais lidas
Últimas notícias