*
 

A pré-candidata do Rede Sustentabilidade, Marina Silva, concede nesta quinta-feira (5/7) entrevista ao Metrópoles. Ela, mais uma vez, ocupa as primeiras posições da corrida presidencial. Mesmo à frente de um partido pequeno e sem alianças nacionais, a ex-ministra do Meio Ambiente resiste entre os concorrentes competitivos ao Palácio do Planalto. Na pesquisa CNI/Ibope divulgada no dia 28 de junho, Marina aparece em terceiro e segundo lugares em simulações com e sem o petista Luiz Inácio Lula da Silva, respectivamente.

Marina Silva defendeu uma revisão da reforma trabalhista aprovada pelo governo do presidente Michel Temer em 2017, em sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nessa quarta-feira (4).

Ela foi vereadora em Rio Branco, no Acre, deputada estadual e senadora por dois mandatos pelo Partido dos Trabalhadores. Também atuou como ministra do Meio Ambiente durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de criar o partido Rede Sustentabilidade, foi filiada ao PT e passou por outras siglas. Em 2010 (PV) e 2014 (PSB), foi candidata à Presidência da República. Na última eleição, a ex-seringueira e professora assumiu a cabeça de chapa após a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, então candidato ao Planalto pelo PSB, em acidente aéreo.

A sabatina será feita pela diretora de Redação, Lilian Tahan, e pelo colunista Caio Barbieri na sede do Metrópoles, no Lago Sul, em Brasília, e transmitida ao vivo.