Parecer do TCU defende adiamento das provas do Enem 2020

Posicionamento foi emitido pela Secretaria de Controle Externo da Educação, em resposta a ação movida por deputados do PDT

atualizado 11/05/2020 17:39

provas enemReprodução

A Secretaria de Controle Externo da Educação do Tribunal de Contas da União (TCU) se manifestou, em parecer técnico, pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

Agora, o ministro responsável pelo caso no TCU, Augusto Nardes, aguarda manifestação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização da prova, antes de se decidir. Caso ele aceite o parecer interno, o Inep será forçado a adiar o exame.

O TCU avalia a questão após provocação dos deputados federais do PDT Idilvan Alencar (CE) e Tulio Gadêlha (PE), que pedem o adiamento da prova alegando que, como a pandemia suspendeu aulas em todo o país, dificuldades no acesso a conteúdo e professores on-line podem piorar as desigualdades entre alunos na prova.

Apesar do imbróglio sobre a manutenção da data da prova presencial, prevista para 1º e 8 de novembro, as inscrições do Enem começaram nesta segunda-feira (11/05), e seguem até o dia 22 de maio. A prova virtual deve ser feita nos dias 22 e 29 de novembro, segundo o calendário anunciado até agora.

0

Últimas notícias