metropoles.com

MEC anuncia reajuste no piso salarial dos professores de quase 15%

Com a medida, piso da categoria passará de R$ 3.845,63 para R$ 4.420,55. Informação foi divulgada nesta segunda pelo ministro Camilo Santana

atualizado

Breno Esaki/Especial Metrópoles
Camilo Santana toma posse como ministro da Educação em cerimônia no Ministério, cercado de autoridades e políticos. Ele sorri e acena na imagem - Metrópoles

O piso salarial dos professores terá um reajuste de quase 15% e passará de R$ 3.845,63 para R$ 4.420,55. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (16/1) pelo ministro da Educação, Camilo Santana.

“Anuncio aos nossos professores e professoras que assinei portaria que estabelece o novo Piso Magistério 2023: R$ 4.420,55. O piso de 2022 era R$ 3.845,63. A valorização dos nossos profissionais da educação é fator determinante para o crescimento do nosso país”, informou o ministro.

Por lei de 2008, o piso salarial da categoria deve ser reajustado ano a ano, sempre no mês de janeiro. Pela Lei do Magistério, o reajuste de professores é atrelado ao chamado valor por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), definido pelo Ministério da Educação.

Neste ano, segundo uma portaria ministerial de dezembro do ano passado, o reajuste é exatamente de 14,95%. Em 2022, o reajuste foi de 33,24%, indo de R$ 2.886 para R$ 3.845,63.

Segundo o MEC, a portaria que estabelece o Piso Magistério 2023 vai ser publicada ainda nesta semana no Diário Oficial da União (DOU).






Quais assuntos você deseja receber?