Enem: metade dos participantes faz prova pela primeira vez

Em 2017, taxa era de 16%. Mudanças implementadas pelo Inep motivaram a adesão de candidatos estreantes

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 31/10/2019 10:44

Quase a metade dos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano vai fazer a prova pela primeira vez, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgados nesta quinta-feira (31/10/2019).

Dos 5,1 milhões de participantes do Enem deste ano, 2,4 milhões testam o conhecimento pela primeira vez no processo seletivo, o que representa 47% dos inscritos. A taxa é a maior, pelo menos, desde 2014, segundo o Ministério da Educação (MEC).

O número representa uma tendência que passou a ser registrada a partir de 2018, quando 1,8 milhão de inscritos, ou seja, 33% dos participantes, nunca havia participado do Enem. Um anos antes, por exemplo, a taxa foi de 16%.

Reprodução/ Inep

“Entre os fatos que podem explicar o aumento de participantes no seu primeiro Enem, tanto em quantidade quanto em percentual, estão as mudanças implementadas em 2017 para concessão de isenção do pagamento da taxa de inscrição”, explica o Inep.

Desde 2018, os participantes precisam justificar a ausência na edição anterior para estarem aptos a pedir nova isenção em 2019. Neste ano, por exemplo, pouco mais de 1 milhão de inscritos (1.024.907) prestará o Enem pelo terceiro ano consecutivo.

Provas
O Enem 2019 será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. O Inep orienta que todos os participantes cheguem ao local de provas no dia do exame com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h.

É recomendável ainda que os participantes levem o Cartão de Confirmação da Inscrição nos dois dias de aplicação do exame.

Últimas notícias