Posto de combustível gasolina - Preço

Mercado prevê queda no preço da gasolina durante primeiro trimestre

Redução é estimada com base em previsão de estabilidade do dólar. No entanto, com o recrudescimento da Covid, moeda americana fechou em alta

atualizado 06/01/2022 9:47

Posto de combustível gasolina - PreçoVinícius Schmidt/Metrópoles

Vilões da inflação em 2021, os preços dos combustíveis devem trazer alívio no primeiro trimestre deste ano. De acordo com levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, haverá uma queda acumulada de 5,94% no período. E a gasolina chegará a ser vendida a R$ 6,18 em março – o menor índice previsto para 2022.

Essa redução será puxada por uma eventual estabilidade do dólar, segundo a pesquisa. No entanto, com o temor do mercado pelo avanço da variante da Covid-19, Ômicron, a moeda americana fechou os primeiros pregões do ano em alta.

Caso o quadro desta primeira semana do ano sofra alterações e a previsão de estabilidade se confirme nos próximos dias, a pressão em cima da gasolina deve voltar somente em abril. Em setembro, atingirá o seu ápice, chegando a R$ 6,55 – valor semelhante ao que os brasileiros pagam atualmente nos postos.

No último trimestre, a previsão é que haja uma leve queda no custo do combustível. O produto, nesse contexto, será comercializado por preço superior a R$ 6,30.

Mais lidas
Últimas notícias