Governo reduz projeção do PIB de 2,4% para 2,1% em 2020

Previsão ficou acima do esperado quando comparada ao crescimento da economia estimado pelo mercado financeiro, conforme dados do BC

atualizado 11/03/2020 12:45

O governo federal reduziu a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2020 de 2,4% para 2,1%, informou nesta quarta-feira (11/03) a Secretaria de Política Econômica (SPE), do Ministério da Economia.

Apesar da redução de 0,3 ponto percentual, a previsão do governo é mais otimista quando comparado ao mercado financeiro. Nessa segunda-feira (09/03), o Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central (BC), reduziu a estimativa do crescimento da economia para 1,99% neste ano.

A secretaria atribui o corte na previsão do PIB ao impacto causado pelo avanço rápido do novo coronavírus.

No mercado brasileiro, o efeito do coronavírus atinge sobretudo as exportações e o preço de commodities. “A menor demanda global tende a pressionar para baixo os preços em dólar de commodities”, explicou a SPE, de acordo com o Boletim Macrofiscal divulgado.

Apesar da sequência negativa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou na última quarta-feira (04/03) confiar que o PIB cresça mais de 2% neste ano. “À medida que as reformas vão acontecendo, e elas vão ser implementadas, o Brasil vai acelerando”, disse Paulo Guedes, ao explicar o tímido PIB de 1,1% no ano passado.

Para os anos de 2021 a 2023, as estimativas do crescimento da economia mantiveram-se inalteras. No período, a pasta espera que o PIB cresça 2,5% ao ano. Veja a íntegra do documento aqui.

Últimas notícias