Casa própria: prestações pagas com FGTS são suspensas por 90 dias

A partir da próxima segunda-feira (13/04), os clientes da Caixa Econômica Federal poderão pedir a pausa nos pagamentos

atualizado 09/04/2020 13:02

Pronunciamento de Pedro Guimarães, presidente da CaixaMarcos Corrêa/PR

A partir da próxima segunda-feira (13/04) os clientes da Caixa Econômica Federal que usam parte do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o pagamento de prestação de imóveis poderão suspender os pagamentos por até três meses.

“Se a crise econômica se prolongar, avaliaremos estender por quatro meses. Estamos atentos para adequar as nossas medidas”, afirmou o presidente do banco, Pedro Guimarães.

A Caixa havia permitido que os pagamentos ficassem congelados por até dois meses.

A pausa emergencial no pagamento das prestações faz parte das medidas anunciadas para conter os efeitos da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, na economia.

Para os clientes que haviam pedido a suspensão por dois meses, o prazo será ampliado automaticamente.

O pedido de pausa no pagamento das prestações deve ser feito pelo site da Caixa ou pelo aplicativo oficial do banco a partir de segunda-feira.

Últimas notícias