Bolsa tem forte queda em meio a temor global com coronavírus

Dólar começou a quinta-feira em alta e perdeu força depois de intervenção no Banco Central

atualizado 06/03/2020 10:46

O mercado tem mais um dia de tensão em meio ao temor global com o avanço do coronavírus e os efeitos sobre a economia. O Banco Central fez um leilão de dólares, no valor de US$ 2 bilhões, nesta sexta-feira (06/03), para tentar conter a valorização da moeda, que nessa quinta-feira (05/03) fechou cotada a R$ 4,65.

Depois da intervenção do BC, o dólar à vista caiu a uma mínima de R$ 4,630 (-0,46%). Não foi anunciado outro leilão. Desde a abertura, a alta predominava e o dólar spot atingiu máxima em R$ 4,6715 (+0,43%). Às 10h18, a queda à vista era de apenas 0,06%, a R$ 4,6485.

A Bolsa brasileira, que perdeu 4,65% nessa quarta-feira (04/03), já começou a sessão em forte baixa e perdeu os 100 mil pontos. Às 10h20, a queda era de 4,47%, baixando para os 97.659,08 pontos. A última vez que o Ibovespa esteve nesse nível foi em meados de agosto do ano passado.

Últimas notícias