Delegado diz que tiro acidental causou morte de assessor de Leonardo

Newton Rodrigues, o Passim, morreu na Fazenda Talismã, em Goiás, quando manuseava uma Glock 380. Ele foi encontrado mais de 10 horas depois

atualizado 05/03/2021 14:47

cantor leonardo ao lado do amigo, passim, que morreu na fazenda talismã vítima de um tiro acidentalReprodução

Goiânia – Investigação preliminar da Polícia Civil de Goiás (PCGO) descarta possibilidade de suicídio ou homicídio e reforça a tese de tiro acidental como causa da morte do assessor e amigo do cantor sertanejo Leonardo, Newton Rodrigues Silva Passini, o Passim.

O fato ocorreu na madrugada dessa quinta-feira (4/3), na Fazenda Talismã, que pertence ao cantor, situada na cidade de Jussara (GO), a 220 quilômetros de Goiânia.

O delegado Kléber Toledo, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Itaberaí (GO), esteve na fazenda, junto à equipe da Polícia Técnico-Científica, para fazer a perícia do local.

“A morte decorreu de um manuseio incorreto e imprudente de arma de fogo. Como não se trata de homicídio, o caso será remetido à delegacia local para concluir o inquérito”, afirmou o delegado.

Veja o relato do delegado:

Falta de socorro

Um fato que agravou o caso teria sido a ausência de atendimento médico. A fazenda fica em uma área afastada da cidade, o que dificultou a chegada de assistência.

Além disso, a investigação apurou que Passim foi atingido por tiros de uma Glock 380, por volta das 2h da madrugada, e só foi encontrado às 12h30. Outras três pessoas – uma delas seria o cantor Leonardo – estavam na fazenda, mas dormindo em cômodos distantes. Todas serão ouvidas como testemunhas.

A coluna Leo Dias, do Metrópoles, apurou que Passim teria caído quando estava manuseando a pistola Glock 380. Ao chegar ao chão, a arma teria disparado e o atingido na virilha.

Lamento

Familiares de Leonardo, que tinham relação próxima com Passim, assessor antigo do cantor, lamentaram nas redes sociais a morte do amigo. A esposa do sertanejo, Poliana Rocha, postou vídeos e fotos de Passim, e escreveu: “Você sempre será uma das pessoas mais importantes e amadas por mim e por minha família”.


Filho de Leonardo e Poliana, o cantor sertanejo Zé Felipe também fez homenagem ao amigo e lamentou: “Não dá para acreditar”.

Últimas notícias