Cruzeiros tiveram 798 novos casos de Covid em 9 dias, diz Anvisa

No total, 829 casos foram confirmados de 1º de novembro a 3 de janeiro. Desse número, 60% dos infectados eram tripulantes

atualizado 04/01/2022 16:30

PMM/Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nessa segunda-feira (3/1) que foram confirmados 829 casos de Covid-19 entre tripulantes e passageiros das cinco embarcações que operaram no Brasil de 1º de novembro a 3 de janeiro. Do total, 798 registros ocorreram nos últimos nove dias, de 26/12 a 3/1.

O dado representa aumento de 25 vezes em relação ao número de infecções confirmadas nos primeiros 55 dias da temporada, quando apenas 31 casos foram detectados. Essas informações, segundo a Anvisa, reforçam a Nota Técnica expedida pelo órgão na última sexta-feira (31/12), na qual recomendou a suspensão imediata da temporada de navios de cruzeiro no país ao Ministério da Saúde.

A Anvisa ainda chama a atenção para o alto número de tripulantes infectados: 60% do total. Isso ocorre pelo fato de serem viajantes que passam um período maior de permanência dentro das embarcações, o que aponta maior grau de risco à condição sanitária dos navios.

A nota afirma que, em reunião feita nessa segunda com representantes do Ministério da Saúde, estados e municípios apoiaram de forma unânime a posição da instituição pela suspensão provisória da temporada de navios de cruzeiro no Brasil.

O governo federal acatou recomendação da Anvisa horas depois da publicação da nota e suspendeu a temporada de cruzeiros turísticos no país até o dia 21 de janeiro.

A Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia Brasil) também anunciou, na segunda, que as companhias suspenderão voluntariamente as operações de transatlânticos de turismo nos portos brasileiros até a mesma data.

Mais lidas
Últimas notícias