Cruzeiros terão limitação de viajantes e exigência de testes diários

Embarcações poderão realizar viagens na costa brasileira a partir de 1º de novembro. Anvisa divulgou regras nesta sexta-feira (29/10)

atualizado 29/10/2021 11:36

Cruzeiro Scarlet Lady@virginvoyages/Instagram/Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, nesta sexta-feira (29/10), regras para cruzeiros marítimos.

Por causa da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, as embarcações terão limitação de passageiros. Dez por cento dos viajantes e da tripulação devem de ser testados para a doença diariamente.

Veja principais regras para cruzeiros marítimos:

  • Ocupação máxima incialmente de 75% da embarcação;
  • Distanciamento entre grupos de viajantes é de mínimo de 1,5 metro;
  • Tripulantes e passageiros vacinados, desde que elegíveis pelo PNI;
  • Uso de máscaras a bordo e em terminais de passageiros;
  • Mínimo 10% da tripulação e 10% dos passageiros testados diariamente.

Uma portaria do Ministério da Saúde foi publicada no Diário Oficial da União na quinta-feira (28/10), autorizando a navegação de cruzeiros marítimos a partir do dia 1º de novembro.

Para o embarque,e passageiros e tripulantes terão que apresentar um formulário com condições de saúde preenchido seis horas antes da viagem, comprovante de vacinação contra Covid-19 e teste negativo para a doença.

A Anvisa determinou que tripulantes devem ser testados com maior frequência, especialmente aqueles envolvidos em serviços de alimentação e os que possuem contato direto com os passageiros.

Casos identificados em viajantes em até cinco dias depois do desembarque serão considerados como infectados a bordo. Os cruzeiros voltarão a navegar no país entre novembro de 2021 e abril de 2022.

Mais lidas
Últimas notícias