Covid: Goiânia relaxa regras para igrejas e libera público em estádios

Novo decreto publicado nesta sexta-feira (10/9) amplia a autorização de público em cultos, missas, academias, hotéis, pousadas e estádios

atualizado 10/09/2021 12:30

Goiânia (GO) 02/06/2021 Após pactuação entre Governo Federal, Governo de Goiás e Prefeitura de Goiânia, Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira se prepara para receber jogos da Copa AméricaVinícius Schmidt/Metrópoles
Goiânia – Em decreto publicado no Diário Oficial do Município, nesta sexta-feira (10/9), a prefeitura de Goiânia modifica algumas regras sanitárias adotadas na cidade, em razão da Covid-19. O novo texto flexibiliza o limite de público em igrejas, academias e autoriza a presença de até 1,5 mil pessoas em estádios, durante partidas de futebol.

Os campeonatos profissionais estavam autorizados nos gramados da capital, até então, conforme o decreto anterior, publicado no dia 8/6 deste ano e que manteve a situação de emergência na cidade, mas sem presença de público.

A partir de agora, fica estipulado o limite de 1,5 mil pessoas nas arquibancadas, podendo chegar a 30% da capacidade máxima de lotação, após os jogos testes e de acordo com autorizações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A venda de produtos variados, bebidas e alimentos nas imediações dos estádios está proibida.

0
Igrejas, academias e hotéis

Em relação às igrejas, que vinham funcionando na capital, até então, com 30% da capacidade, o novo decreto aumentou a liberação para até 50%. Além disso, a regra estipulava um intervalo de, pelo menos, 3h entre missas, cultos e encontros religiosos. A partir de agora, esse intervalo poderá ser de apenas 1h.

As mudanças atingem também as academias. Elas vinham funcionando com manutenção de 30% do público, mediante agendamento prévio. Com o novo decreto, elas poderão chegar a 50% da capacidade de acomodação.

O texto aborda, ainda, a situação dos hotéis e pousadas de Goiânia. Desde junho, esses estabelecimentos vinham operando com limite de 65% da capacidade. A partir de agora, poderão atingir os 80%.
0
Vacinação e dados da pandemia
Goiânia ultrapassou nessa quarta-feira (8/9) o número de 500 mil pessoas totalmente imunizadas com as duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19. Esse público equivale a mais de 43% da população da cidade, acima de 18 anos.

Até essa quinta-feira (9/9), a capital já havia registrado 208.509 casos de Covid e 6,4 mil mortes motivadas pela doença. De quarta para quinta, foram contabilizados mais 22 óbitos e 60 novos casos.

Mais lidas
Últimas notícias