Covid: Anvisa se reúne com a USP para conhecer vacina brasileira em spray

O projeto ainda está em fase pré-clínica de desenvolvimento, ou seja, nas etapas de laboratório e de testes com animais

atualizado 19/10/2021 17:35

MáscaraIgo Estrela/Metrópoles

Uma vacina contra Covid-19 na forma de spray foi pauta da reunião entre a Anvisa com o Laboratório de Imunologia do Incor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, desta terça-feira (19/10). O objetivo foi conhecer a proposta que está sendo desenvolvida por pesquisadores da universidade.

Na reunião, a agência conheceu o projeto e encaminhou orientações os desenvolvedores em relação aos parâmetros técnicos e formatos esperados para este tipo de produto.

O spray ainda está em fase pré-clínica de desenvolvimento, ou seja, nas etapas de laboratório e de testes com animais. Até o momento não há previsão de solicitação para os estudos clínicos com pessoas.

No mês de agosto, a Anvisa publicou a resolução RDC 534/2021 que permite às universidades públicas a Submissão Contínua de Desenvolvimento Clínico de vacinas para permitir a análise preliminar das informações referentes ao projeto de desenvolvimento das vacinas.

“A norma permitiu uma via flexível e dinâmica de inter-relação entre a Anvisa e as universidades com projetos de vacinas em desenvolvimento”, finaliza a nota.

Mais lidas
Últimas notícias