Corte de energia por falta de pagamento volta a ser permitido no país

Medida havia sido adotada pela Agência Nacional de Energia Elétrica como resposta à pandemia de Covid-19

atualizado 03/08/2020 12:21

O corte de energia por falta de pagamento poderá voltar a ser feito nos lares brasileiros. A medida publicada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para garantir o serviço durante a pandemia de Covid-19 perdeu a validade no último dia 31.

A medida já havia sido prorrogada até 31 de julho. Agora os cortes por falta de pagamento estão liberados, exceto às sextas-feiras, sábados, domingos e feriados.

Antes do corte, a agência afirma que a distribuidora de energia elétrica deve notificar o consumidor sobre os pagamentos pendentes.

Para as famílias de baixa renda, beneficiadas pela Tarifa Social de Energia Elétrica, no entanto, o corte de energia continua proibido até o fim deste ano, enquanto durar o estado de calamidade no país.

Com a retomada as principais atividades, a Aneel também aprovou um calendário para reabrir os atendimentos presenciais e entregar faturas.

Últimas notícias