Corpos de família morta no Chile são trazidos para o Brasil

Os seis brasileiros foram encontrados sem vida em apartamento de Santiago, no dia 22 de maio. Causa das mortes seria intoxicação por monóxido de carbono

atualizado 03/06/2019 13:25

Os corpos dos seis brasileiros mortos por intoxicação de gás em um apartamento alugado na capital chilena, Santiago, foram embarcados com destino ao Brasil na manhã desta segunda-feira (03/06/2019). A previsão é de que eles cheguem a Florianópolis no mesmo dia, à tarde.

Nesta terça-feira (04/06/2019), familiares farão o velório com cerimônia aberta ao público. Na sexta-feira (31/06/2019), foi divulgado um laudo emitido pelas autoridades chilenas com a causa das mortes por intoxicação com monóxido de carbono.

Todos eram de uma mesma família — um casal, dois filhos, o cunhado e a esposa — e foram encontrados mortos em 22 de maio. Eles viajaram para o Chile para comemorar o aniversário de uma das vítimas, uma adolescente de 15 anos.

A polícia chilena admitiu que houve demora para socorrer as vítimas e abriu investigação para apurar se houve negligência no atendimento à família.

Últimas notícias