Coronavírus: Mandetta prevê colapso do sistema de saúde em abril

Ministro da Saúde afirma, porém, que governo está agindo para tentar evitar esse cenário

atualizado 20/03/2020 16:55

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, previu, durante videoconferência na tarde desta sexta-feira (20/03) ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de empresários, que até o fim de abril o sistema de saúde do Brasil entrará em colapso. Ele afirmou, entretanto, que o governo está atuando para evitar esse cenário.

“Em final de abril nosso sistema entra em colapso. O colapso é quando você pode [até] ter o dinheiro, mas não há sistema para entrar”, disse em videoconferência com empresários no Palácio do Planalto.

Mandetta também criticou as decisões tomadas pelos estados de fecharem estradas e divisas. “Comando das linhas de transporte deve ser federal. Fechar estradas e aeroportos não pode ser descentralizado, ou vira bagunça”, disse o ministro, ecoando declaração de Bolsonaro.

Ao se referir ao fechamento de estabelecimentos comerciais, ele disse ainda que, “mais difícil do que fechar uma cidade, é saber quando reabrir”. “Questão econômica é dramática”, pontuou.

Últimas notícias