Convidado a apresentar plano na Câmara, Mário Frias dá bolo em deputados

Novo secretário de Cultura foi muito criticado por parlamentares por não aparecer em reunião convocada por Alexandre Frota (PSDB-SP)

Mário FriasInstagram/Reprodução

atualizado 30/06/2020 12:04

O novo secretário especial de Cultura, Mário Frias, não começou bem seu relacionamento institucional. Após confirmar presença em uma audiência com deputados federais para falar sobre seus planos para o setor cultural, o ator que assumiu o cargo após a queda de Regina Duarte deixou os parlamentares esperando por uma hora e 25 minutos, e foi muito criticado por isso.

“Eu sei que ele está assistindo porque mandei o link pra ele. Ele confirmou que viria”, reclamou o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), que convocou e presidiu o evento virtual. “Somos amigos há 25 anos e esperava que ele viesse. Mas, infelizmente, o secretário desapareceu, sumiu. Vou oficializar ele sobre o que falamos aqui”, completou Frota, que também fez carreira como ator antes de entrar para a carreira política.

O parlamentar paulista criticou ainda o fato de Frias faltar a uma reunião onde enfrentaria cobranças logo após ter concedido longa entrevista a um aliado, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“Esse comportamento demonstra o pouco interesse dele pelo debate”, afirmou a deputada Lídice da Mata (PSB-BA). “Registro meu protesto por o secretário desprezar o poder Legislativo e, por consequência, o povo brasileiro”, disse a deputada Érika Kokay (PT-DF).

Nas falas enquanto esperavam pelo convidado, os parlamentares lhe fizeram cobranças sobre a disponibilização imediata do pacote de auxílio ao setor cultural e falaram sobre polêmicas do setor, como a permanência no cargo do presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo, que vive guerra com lideranças do movimento negro e nega a existência de racismo estrutural no Brasil.

0

 

Sem resposta
Mário Frias não participou da live, não mandou pedido de desculpas e nem se explicou em seus perfis de redes sociais, mas já encontrou tempo nesta terça-feira para atacar o ex-ministro da Justiça Sergio Moro no Twitter. Veja:

Últimas notícias