Cidades em Goiás suspendem uso de máscara sem recomendação do estado

Secretário de Saúde de Goiás não recomenda medida adotada por municípios de Cachoeira Alta, São Luís de Montes Belos e Caçu na pandemia

atualizado 17/11/2021 12:52

Dois homens sentados na guia, em Goiânia, um de máscara e outro com máscara abaixada Vinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – Três municípios goianos passaram a desobrigar o uso de máscaras de proteção facial em locais abertos, sob a alegação do avanço da vacinação contra a Covid-19, apesar de dois deles terem menos de 70% da população  vacinada sequer com a primeira dose. Eles descumprem recomendação da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO).

“Por enquanto, como não temos 70% de cobertura vacinal de segunda dose, não recomendamos deixar de usar a máscara ainda”, alertou o secretário estadual de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, em entrevista ao Metrópoles, nesta quarta-feira (17/11). O item continua obrigatório em 243 das 246 cidades goianas.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
Publicidade do parceiro Metrópoles 7
Publicidade do parceiro Metrópoles 8
Publicidade do parceiro Metrópoles 9
Publicidade do parceiro Metrópoles 10
Publicidade do parceiro Metrópoles 11
0
Municípios

Caçu está entre os municípios que desobrigaram uso de máscara em áreas abertas nesta semana. Fica no sudoeste goiano, a 337 km de Goiânia. Segundo painel eletrônico da SES-GO, a cidade tem 67% da população vacinada com a primeira dose, mas apenas 54% já receberam a segunda dose ou dose única.

A medida também foi flexibilizada nesta semana, em São Luís de Montes Belos, no centro do estado, a 127 km de Goiânia. De acordo com o painel eletrônico da SES-GO, 76% da população tomou a primeira dose, mas apenas 54% receberam a segunda dose ou dose única.

O prefeito de São Luís de Montes Belos, Major Eldecírio (PDT), afirmou à imprensa que apenas quatro casos de Covid-19 estão ativos na cidade, com isolamento domiciliar. O último dos contaminados descobriu a doença no dia 10 de novembro.

Cachoeira Alta, que também fica no sudoeste goiano, a 358 km da capital, e adotou a medida no dia 6 de novembro, tem 65% da população vacinada com a primeira dose. Enquanto isso, 48% receberam a segunda dose ou dose única, segundo informações do painel eletrônico da SES-GO.

Capital e Aparecida

Goiânia e Aparecida de Goiânia, as duas maiores cidades do estado, informaram que só vão discutir o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos quando atingirem ao menos 70% da população imunizada com as duas doses ou com a vacina em dose única.

A capital vacinou 49,18% dos moradores com duas doses ou a vacina em dose única. Já Aparecida de Goiânia atualizou os dados de vacinação pela última vez na quarta-feira da semana passada (10/11), quando 48,95% de toda a população da cidade estava completamente imunizada.

Goiás tem 73% da população vacinada com a primeira dose. No total, segundo dados oficiais, 52% dos moradores receberam a segunda dose ou dose única no estado.

Em adolescentes, o porcentual de cobertura da primeira dose no estado está em 86,8%, enquanto 62% do grupo recebeu a dose única ou as duas doses.

Mais lidas
Últimas notícias