Brasil tem 18 mortes por coronavírus e 1.128 casos confirmados

São Paulo (459) e Rio de Janeiro (119) centralizam os casos. Apenas uma unidade da Federação ainda não registrou adoecimentos: Roraima

Secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos ReisAndre Borges/Especial Metrópoles

atualizado 21/03/2020 18:39

Subiu para 1.128 os adoecimentos por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O número é 24,6% maior em relação ao índice que foi registrado pelo Ministério da Saúde anteriormente: 904.

Neste sábado (21/03), o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que os óbitos subiram de 11 para 18.

São Paulo (459) e Rio de Janeiro (119) centralizam os casos. Apenas uma unidade da federação ainda não registrou adoecimentos: Roraima.

Todos os casos, segundo o governo federal, foram confirmados com testes laboratoriais. Ao todo, o ministério distribuiu 17 mil exames para todo o país.

Gabbardo justificou a decisão do governo de não divulgar os casos suspeitos. “Com a transmissão comunitária, todo brasileiro com sintomas de gripe é um caso suspeito”, afirmou.

Remédio em teste

Neste sábado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que o Brasil testará em pacientes com Covid-19 um remédio normalmente usado contra malária.

Segundo o presidente, a cloroquina se mostrou promissora contra o vírus em estudos iniciais em outros países e agora será testada em pacientes do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

“Agora há pouco profissionais me informaram que iniciaram um protocolo de pesquisa para avaliar a eficácia da cloroquina nos pacientes com Covid-19”, afirmou em uma rede social.

Últimas notícias