Bolsonaro se pronuncia sobre Capitólio: “Lamentável desastre”

Ao menos cinco pessoas morreram e 20 estão desaparecidas no interior de Minas Gerais, onde rochas atingiram lanchas no Lago de Furnas

atualizado 08/01/2022 19:08

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais continua trabalho no cânion em CapitólioDivulgação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) postou no início da noite deste sábado (8/1) um vídeo do resgate de vítimas da tragédia no Lago de Furnas, em Capitólio (MG), onde rochas atingiram lanchas, mataram ao menos cinco pessoas e deixaram outras 20 desaparecidas, além de dezenas de feridos. Para Bolsonaro, foi um “lamentável desastre”. Veja a postagem do presidente da República:

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) confirmou, na tarde deste sábado, que 30 pessoas ficaram feridas e ao menos cinco morreram após a queda de um imenso pedaço dos cânions de Capitólio. A rocha atingiu e afundou ao menos duas lanchas que estavam na área de uma cachoeira no Lago de Furnas, famoso ponto turístico da região.

O ministro Fábio Faria, das Comunicações, também se pronunciou e disse estar em oração:

Outra autoridade do governo federal que também falou sobre o acidente foi o secretário da Pesca, Jorge Seif. Veja:

Os cânions do Lago de Furnas, em Capitólio, ficam a 288 km de Belo Horizonte e chamam a atenção pelos paredões de mais de 20 metros de altura. O local é procurado por turistas que fazem passeios de lanchas e mergulho nos lagos e rios locais. A região também atrai visitantes para contemplar a vista dos mirantes das rochas.

Veja mais imagens da tragédia em Minas Gerais, onde mergulhadores dos bombeiros buscam por até 20 desaparecidos:

0

Mais lidas
Últimas notícias