Bolsonaro fez parada não programada em GO antes de voltar a Brasília

Comitiva esteve em Anápolis na 4ª; helicóptero pousou em campo de futebol de Terezópolis de Goiás e ficou por cerca de 40 minutos no local

atualizado 10/06/2021 17:39

parada não programada do presidente jair bolsonaro em goiás, ele passou por terezópolis de goiás, antes de voltar para Brasília, após cumprir agenda no estadoAlan Santos/PR

Goiânia – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu fazer uma parada não programada, após cumprir agenda de compromissos em Anápolis (GO), nessa quarta-feira (9/6). Ao decolar de helicóptero do Aeroporto de Cargas da cidade, ele se dirigiu para Terezópolis de Goiás, cidade que fica nas imediações.

O movimento na pequena cidade, que possui pouco mais de 8 mil habitantes, aumentou, repentinamente, e chamou a atenção dos moradores, que começaram a especular o motivo. A presença de veículos da segurança da presidência, viaturas e policiais militares agitou a cidade e a população, logo, descobriu do que se tratava.

Bolsonaro e a comitiva desceram de helicóptero em um estádio de futebol, chamado Divino Boró. Quando chegaram, o local já estava cheio de pessoas que se espremiam aglomeradas para tirar uma foto ou fazer um vídeo com o presidente. Ele ficou na cidade por cerca de 40 minutos até decolar novamente, em direção a Brasília (DF).

Na companhia dele, estavam o ministro da Educação, Milton Ribeiro, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, o filho, vereador pela cidade do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, e o deputado federal Daniel Freitas (PSL/SC).

O helicóptero presidencial foi acompanhado por um segundo helicóptero, e os dois desceram no campo de futebol em Terezópolis. O prefeito da cidade, Uilton Pereira dos Santos (PSC), foi avisado minutos antes pela Polícia Militar e se dirigiu às pressas ao local para cumprimentar o presidente.

As fotos da parada não planejada foram publicadas no Flickr do Palácio do Planalto. Pelas imagens, é possível notar não só a aglomeração de pessoas, mas o fato de que muitas estavam sem máscara contra a Covid-19, a exemplo do presidente e de toda a comitiva. Esse fato, aliás, foi bastante comum na passagem dele por Goiás.

0
Agenda

Bolsonaro cumpriu agenda em Goiás, nessa quarta, começando pela fazenda do cantor Amado Batista, em Goianápolis (GO). Depois do almoço oferecido pelo cantor, o presidente e a comitiva se deslocaram para Anápolis, onde ele participou de um culto evangélico na igreja Church in Connection e se reuniu com políticos da região, empresários e agricultores rurais.

Bolsonaro ficou em Anápolis até às 17h20. Ele chegou a desfilar com corpo para fora do carro e acenando para apoiadores, ao deixar o local onde foi realizado o culto.

Em discurso, ele voltou a defender medicamentos sem eficácia contra a Covid-19, relativizou o potencial das vacinas, falou, novamente, sem apresentar provas, que houve fraude nas eleições de 2018 e citou acórdãos já desmentidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que atestariam uma supernotificação de mortes geradas pela Covid no Brasil.

Últimas notícias