Bolsonaro critica suspensão de live e diz: “Não prendi ninguém”

Presidente brasileiro comentou a remoção do conteúdo postado no YouTube ao ser questionado em frente à embaixada brasileira, em Roma

atualizado 30/10/2021 12:09

Presidente Jair Bolsonaro durante Cúpula de Líderes do G20 1Alan Santos/PR

Enviado especial a Roma — O presidente Jair Bolsonaro criticou, neste sábado (30/10), em Roma, na Itália, a remoção de uma live dele postada no YouTube. Ao ser indagado sobre o episódio, ele afirmou que a medida “é só de um lado” e disse que algumas decisões no Brasil são “direcionadas”.

“É só de um lado, né? A gente sabe que está direcionado. Algumas decisões no Brasil você vê que são direcionadas”, declarou o presidente, em entrevista à imprensa em frente à embaixada brasileira em Roma, onde ele participa, até domingo (31/10), da cúpula do G20, grupo das maiores economias mundiais.

Sem dizer a quem estava se referindo, o presidente foi além e mandou indiretas: “Não prendi ninguém, continuo respeitando a Constituição, tenho um bem maior, até maior que a própria vida, a liberdade”. “Faço exatamente o contrário daquilo que me acusaram no ano passado”, emendou.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Nos últimos meses, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu uma série de decisões ordenando a suspensão e até a prisão de parlamentares e apoiadores de Bolsonaro por ataques feito às instituições brasileiras. Entre eles, o blogueiro Allan dos Santos e o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

Mais lidas
Últimas notícias