Bolsonaro apresenta MP do Auxílio Emergencial 2021. Veja detalhes

De acordo com a proposta do governo federal, serão quatro parcelas mensais de R$ 250, em média, a serem pagas a partir de abril

atualizado 18/03/2021 18:33

Jair BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), enviou nesta quinta-feira (18/3), ao Congresso Nacional, a proposta para o auxílio emergencial em 2021. O novo benefício terá quatro parcelas mensais no valor médio de R$ 250, pagas a partir de abril.

O Planalto calcula que o pagamento beneficiará 45,6 milhões de famílias, em um investimento que chega a R$ 43 bilhões, incluindo os custos operacionais do programa.

O presidente iria pessoalmente ao Congresso para entregar a MP, mas a agenda foi cancelada devido ao falecimento do senador Major Olimpio. A proposta será encaminhada ainda nesta quinta, pelas vias administrativas, segundo informou a Secretaria Especial de Comunicação Social do governo.

Após a promulgação da Emenda Constitucional nº 109/2021, na segunda-feira (15/3), pelo Congresso Nacional, foi possível à União disponibilizar recursos a serem pagos no Auxílio Emergencial 2021 com crédito extraordinário.

O governo também informa que do total de R$ 43 bilhões para o Auxílio Emergencial 2021, R$ 23,4 bilhões serão destinados ao público já inscrito em plataformas digitais da Caixa (28.624.776 beneficiários), R$ 6,5 bilhões para integrantes do Cadastro Único do Governo Federal (6.301.073 beneficiários) e outros R$ 12,7 bilhões para atendidos pelo Programa Bolsa Família (10.697.777 beneficiários).

Conheça os critérios e as diretrizes do Auxílio Emergencial 2021 na íntegra:

Release – Ae 2021 – Diagramado_v5 by Carlos Estênio Brasilino on Scribd

0

Últimas notícias