Bolsonaro aponta o Palácio da Alvorada e brinca: “Louco para entregar”

Presidente disse a apoiadores que o Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência, é bom para visitar, mas ruim para morar

atualizado 24/11/2021 20:08

bolsonaro no cercadinhoReprodução/Foco do Brasil/YouTube

Apesar de estar costurando sua candidatura à reeleição ao fechar filiação ao PL, o presidente Jair Bolsonaro brincou com apoiadores, ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quarta-feira (24/11), dizendo que não gosta de viver na residência oficial.

“Estou louco para entregar isso para outro”, disse o presidente, no cercadinho que reúne seus apoiadores na saída do palácio. Um apoiador reage surpreso e diz: “Não entrega, fica mais quatro, mais oito [anos]”, ao que o presidente responde: “Aqui é bom para visitar, para morar não é bom não”.

Apesar de ter dito que estava com pressa, Bolsonaro também aproveitou a passagem pelo cercadinho nesta quarta para voltar a alfinetar o PSDB, que enfrenta problemas técnicos insistentes para concluir suas prévias visando a próxima eleição.

“A gauchada está aí? Alguém do PSDB aí? Votou em quem no domingo?”, perguntou ele, de modo irônico, ao saber que um grupo de apoiadores tinha vindo do Rio Grande do Sul.

A um deles, que disse ser prefeito pelo PSDB, mas adversário político do governador tucano Eduardo Leite, Bolsonaro disse: “Não tem nada a ver isso. Ontem o Arthur Virgílio falou que tem de desbolsonarizar o PSDB” e riu balançando a cabeça em sinal negativo. “Que confusão aquela”, concluiu o presidente.

A fala foi divulgada por um canal simpático ao presidente no YouTube. A imprensa profissional não tem acesso permitido ao cercadinho onde Bolsonaro para e fala com apoiadores que o visitam diariamente.

Mais lidas
Últimas notícias