Baleia Rossi repudia “copia e cola” de Alvim ao citar Goebbels

Secretário especial da Cultura parafraseou ministro da Propaganda nazista ao anunciar prêmio

Divulgação

atualizado 17/01/2020 10:49

O presidente Nacional do MDB, Baleia Rossi, repudiou o que classificou como “copia e cola” a citação do secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, ao ministro da Propaganda nazista, Joseph Goebbels.

“Esperamos que o presidente da República tome as medidas cabíveis, em nome dos brasileiros de todas as raças e credos que combateram o nazismo e fascismo nas fileiras das Forças Expedicionárias Brasileiras”, disse o presidente em nota.

Em vídeo postado no perfil oficial da Secretaria Especial da Cultura, Alvim, citou trechos de discurso de Goebbels para anunciar o Prêmio Nacional das Artes e provocou reações na internet.

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo, ou então não será nada”, disse Alvim no vídeo postado no perfil oficial da Secretaria Especial de Cultura.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu a demissão imediata de Alvim. Parlamentares também foram às redes sociais pedir uma resposta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Últimas notícias