Auxílio de R$ 600: PF faz perícia em chácara usada como “central de fraude”

Criminosos usavam dados de outras pessoas para cadastrar e sacar renda extra emergencial de forma indevida

atualizado 13/08/2020 10:54

Homem utiliza aplicativo app de auxilio do governo contra a falta empregos pelo covid19Hugo Barreto/Metrópoles

A Polícia Federal iniciou a perícia técnica no imóvel rural usado por uma quadrilha que fraudava o auxílio emergencial de R$ 600, em Lençóis Paulista (SP), no interior do estado. Durante a operação que desarticulou a quadrilha, a PF prendeu nove suspeitos de saques fraudulentos do benefício.

A polícia chegou até o endereço após uma denúncia anônima. Segundo a PF, a chácara foi escolhida pelo grupo devido à dificuldade de acesso. No local, foram apreendidos computadores com os dados usados para criar contas falsas nos sistemas da Caixa para, assim, sacar o auxílio de forma idenvida.

Na chácara, a PF encontrou carros, motos, cartões bancários, centenas de chips de celulares, R$ 60 mil em espécie e cheques que somam R$ 26 mil. Foi justamente o entra e sai de carros de luxo que chamou a atenção dos moradores da região.

Os suspeitos já tinham passagens pela polícia por crimes de tráfico de drogas, roubo e estelionato. Os presos vão responder por formação de quadrilha e estelionato.

Últimas notícias