Angolanos são presos por fraude em saques do auxílio emergencial

A tentativa de saque com documentos falsos ocorreu em uma agência da Caixa no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro

atualizado 08/08/2020 16:33

Angolanos são presos por fraude em saques do auxílio emergencialReprodução/Polícia Federal

Quatro angolanos foram presos pela Polícia Federal na manhã deste sábado (8/8) após tentarem sacar, usando documentos falsos, dinheiro oferecido como auxílio emergencial pelo governo federal. A tentativa de saque ocorreu em uma agência da Caixa Econômica Federal no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste do Rio).

Os documentos foram identificados como falsos pela Caixa, que acionou a Polícia Federal.

A equipe da PF acompanhou o grupo desde a saída da agência, onde não conseguiram realizar o saque, até a Avenida das Américas, na Barra da Tijuca (zona oeste). Eles foram abordados com o apoio da Polícia Militar.

Além dos documentos falsos, a polícia apreendeu com o grupo um veículo que, segundo a polícia, foi comprado também com documentos falsos. Esse carro ficava escondido na comunidade Parque do Pinheiro, no Complexo da Maré (zona norte do Rio). Até a publicação desta reportagem, o Estadão não havia localizado representantes dos quatro angolanos falar sobre a acusação.

0

Últimas notícias