Aras pressiona Funai por reforço de segurança no Vale do Javari

Em reunião, Augusto Aras pediu "medidas urgentes" para reforçar a segurança dos servidores da Fundação que atuam na região

atualizado 29/06/2022 19:27

Augusto ArasReprodução

Em reunião nesta quarta-feira (29/6) com o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, o procurador-geral da República, Augusto Aras, cobrou a apresentação de um plano com estratégias para aumento de segurança na região do Vale do Javari (AM).

O chefe da PGR exigiu que o representante adote medidas emergenciais para reforçar a proteção dos servidores e colaboradores da Fundação que atuam na área onde Bruno Pereira e Dom Phillips foram assassinados.

Aras relatou ter ouvido diversas reclamações dos agentes da Funai em visita recente ao Vale do Javari. Os funcionários destacam, principalmente, sentimento de abandono. “Abandonos institucionais não podem existir. Eu vi nos olhos dos servidores essa sensação, que vai além do medo”, disse o procurador.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

Marcelo Xavier elencou dificuldades logísticas e financeiras para garantir segurança na região e pediu ajuda na viabilização de concursos públicos para o órgão e na ampliação das contratações de seguranças. “A palavra de ordem deve ser sinergia entre todos os órgãos porque a questão é complexa”, pontuou.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias