Após tragédia no CT do Flamengo, todos os 10 corpos são reconhecidos

Mais cedo, o Flamengo informou que um dos feridos saiu do CTI e se encontra em estado estável de saúde

atualizado 10/02/2019 16:17

O corpo de todos os 10 meninos mortos na incêndio do Centro de Treinamentos (CT) do Flamengo foram identificados pelo Instituto Médico Legal (IML). Os atletas são: Arthur Vinicius, Pablo Henrique, Victor Isaías, Bernardo Pisetta, Athila Paixão, Gedson Souza, Christian Esmério e Rykelmo de Souza Vianna, Jorge Eduardo dos Santos Pereira Dias e Samuel Thomas de Souza Rosa. Os dois últimos foram identificados apenas neste domingo (10/2).

As imagens das arcadas dentárias dos 10 jovens mortos foram cedidas pelo Flamengo ao Instituto Médico-Legal do Rio de Janeiro. A liberação das imagens está agilizou a liberação dos corpos, pois assim, não há necessidade de fazer exame de DNA – um processo que pode levar semanas.

O enterro de Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, liberado do IML durante a madrugada, foi nesse sábado (9), em Volta Redonda (RJ). O corpo de Pablo Henrique da Silva Matos, identificado por impressões digitais, também foi enterrado em Oliveira (MG).

Feridos
Um dos sobreviventes do incêndio que destruiu parte do Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, o garoto Cauan Emanuel (foto em destaque), recebeu alta do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e está “clinicamente bem”, informou o clube, em comunicado publicado no início da tarde deste domingo (10/2).

Cauan está internado no Hospital Vitória, assim como Francisco Dyogo, que tem apresentado “curva de melhora”, segundo o Flamengo. Francisco, no entanto, “se recupera um pouco mais lentamente e segue com tratamento de fisioterapia respiratória no CTI”.

Tragédia
O fogo que destruiu o CT do Flamengo e tirou a vida de 10 pessoas começou por volta das 5h de sexta (8). O local foi completamente consumido pelo fogo. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o incêndio foi controlado por volta das 7h30.

“A gente tem o local, que é o alojamento, onde os jogadores da base do Flamengo dormiam. A identificação das vítimas é feita posteriormente pela Polícia Civil”, disse o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Douglas Henaut, em entrevista à TV Globo.

Repercussão
A tragédia do Flamengo gerou repercussão entre outras equipes de futebol e também nos meios político e artístico. Corinthians, Fluminense, Vasco, entre outros times, se manifestaram a respeito do tema.

presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) também fizeram publicações se solidarizando com as famílias dos jovens atletas mortos no desastre.

Entre os famosos, tanto Preta Gil quanto Neymar usaram as redes sociais para expressar seus sentimentos.

Últimas notícias