Após devolução de Augusto, abrigo de animais convida Michelle a adotar cão

A família Bolsonaro adotou um cãozinho, contudo, ele já tinha dono. Ele chegou a ficar por 12 dias no Palácio da Alvorada

atualizado 02/07/2020 10:14

Reprodução

O Lar Vitório, abrigo de animais vítimas de maus-tratos e abandono, convidou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a adotar um dos cães resgatados de abrigos clandestinos e das ruas. A iniciativa foi tomada após a família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devolver o cãozinho, que eles adotaram e chamaram de Augusto, ao verdadeiro dono.

Para que o convite chegue até Michelle, os seguidores da página do abrigo estão marcando a primeira-dama nos comentários.

“Dona Michelle, agora que sabemos do seu amor pela causa animal e o cachorro que a senhora adotou encontrou seu dono, conheça nosso abrigo. Vamos recebê-la de braços abertos”, diz a publicação.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Dona Michele @michellebolsonaro, agora que sabemos do seu amor pela causa animal e o cachorro que a senhora adotou encontrou seu dono. Conheça nosso abrigo @lar_vitorio. O Lar Vitório abriga hoje mais de 80 animais lindos, cheios de amor, prontos para levar alegria e momentos de amor incondicional a quem abrir o coração. Lilica, Amora, Morgana, Snow, Coquinho… são tantos! Todos à espera de um coração aberto! Um recomeço feliz… Vem conhecer a gente! #larvitoriooficial #larvitorio #larvitório #larvitoriopatudinhos #adotenãocompre #adoteumamigo #adotenaocompre #naocompreadote #nãocompreadote #amoranimal #adoteumcão #adoteumgatinho #abrigodeanimaisdf #adocaoresponsavel #adoçãoresponsável #adoptdontshop? #dontshopadopt #bazarlarvitorio

Uma publicação compartilhada por Lar Vitório Oficial (@lar_vitorio) em

Augusto era Zeus e tinha dono

Encontrado pela família Bolsonaro, o pastor-maremano foi resgatado no dia 18 de junho nos fundos do Palácio do Alvorada e chamado de Augusto. Porém, com o grande sucesso que o cachorro fez nas redes, os verdadeiros donos conseguiram encontrá-lo e o pediram de volta. Ele, na verdade, se chama Zeus.

O cachorro é de raça de origem italiana e estava com uma coleira no momento do resgate. Antes de se tornar membro oficial da família Bolsonaro, ele ficou um dia em um lar temporário, aguardando os donos.

Anúncios nas redes foram colocados procurando a verdadeira família, mas, como ninguém se manifestou, Michelle o adotou como segundo filho com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

0

Últimas notícias