Aluna atingida por atirador tem piora de saúde; 5 seguem internados

Dos 13 feridos por atirador em Aracruz (ES), cinco seguem internados nesta segunda-feira (28/11), sendo três em estado grave

atualizado 28/11/2022 12:32

Imagem colorida mostra suspeito de invadir escolas no Espírito Santo e matar três pessoas - Metrópoles Reprodução

Uma estudante de 14 anos, atingida pelo atirador durante ataques em colégios de Aracruz (ES), segue entubada na UTI e seu estado de saúde, que já era grave, evoluiu para muito grave nesta segunda-feira (28/11).

Das 13 pessoas feridas no atentado, cinco estavam internadas, segundo boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde do Espírito Santo, na manhã de segunda. Duas vítimas do ataque receberam alta na manhã de segunda no Hospital Maternidade São Camilo, que é uma fundação.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Segundo esse último boletim, no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG) há dois estudantes internados: um aluno de 11 anos que saiu da UTI para a unidade semi-intensiva e está estável e uma estudante de 14 anos, entubada, que evoluiu para muito grave.

Adultos internados

No Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves (HEJSN) há duas mulheres internadas em estado grave na UTI, sendo uma com 52 anos e outra com 45.

Já no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) São Lucas há uma mulher de 58 anos em estado estável. Ela espera a melhora de uma ferida na perna para realizar uma cirurgia.

Atentado

Na última sexta, um adolescente de 16 anos invadiu dois colégios e atirou em várias pessoas, entre professores e estudantes. Ele usava um símbolo nazista.

O atirador vestia uma roupa de estilo militar e usava duas armas do pai, que é tenente da Polícia Militar. Quatro morreram, sendo três professoras e uma aluna de 12 anos.

Mais lidas
Últimas notícias