“Achei que só fosse levar os celulares”, diz namorada de jovem morto

Renan Silva Loureiro foi assassinado no último dia 25, em SP, após reagir a assalto cometido pelo falso entregador de app Axcel Gabriel

atualizado 01/05/2022 22:26

Reprodução

“Eu achei que o cara só fosse levar os nossos celulares e depois iria embora”. A declaração é de uma jovem de 20 anos, namorada de Renan Silva Loureiro, também 20 anos, morto em um assalto na noite do último dia 25, no Jabaquara, zona sul de São Paulo.

A jovem, que não quis se identificar, falou pela primeira vez sobre a tragédia, em entrevista ao Fantástico, neste domingo (1º/5). Segundo ela, Renan foi morto pelo falso entregador de aplicativo Axcel Gabriel de Holanda Peres, de 23 anos, “porque era eu que estava ali perto. Porque se eu estivesse sozinha, ele não teria reagido”.

“Ele já desceu já anunciando o assalto, apontando a arma para a gente. Aí o Renan pediu para eu correr, só que não tinha como. Não tinha porque eu deixá-lo sozinho naquela situação. Eu também não pensei que fosse acontecer o pior. Eu achei que o cara só fosse levar os nossos celulares e depois iria embora”, ela contou.

“Ele veio até mim, já apontando a arma diretamente para mim e falando que se eu não fosse passar o celular ele iria começar a atirar, então eu já estava com a mão no bolso para poder entregar meu celular para ele”, completou. Vendo a namorada na mira do revólver, Renan reagiu e foi morto.

“Eu não tenho nada”

O crime aconteceu por volta das 22h30 do dia 25 de março. Tudo ocorreu muito rápido: cerca de 40 segundos. O assaltante vê o casal, passa de moto, e quando os jovens se aproximam de uma esquina, ele volta e rende Renan e a namorada. “Eu não tenho nada”, diz Renan, que se ajoelha. Ao ver a arma apontada para a garota, Renan reage. O criminoso, então, atira quatro vezes em direção ao rapaz.

Antes de fugir, o assaltante leva o celular da jovem, que começa a chorar e pedir socorro. Vizinhos se aproximam e gritam: “Chama a polícia”.

A Polícia de São Paulo prendeu Axcel na sexta-feira (29/4). Ele responderá por latrocínio e  roubo seguido de morte.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias