*

O carioca Anderlei Junior ouviu de médicos que terá apenas 3 meses de vida. Diante do diagnóstico de um tipo raro de câncer de pele, ele explicou em um vídeo como convive com essa previsão.  As imagens já têm mais de 13 milhões de visualizações. Anderlei tem melanoma, tipo raro e agressivo da doença.

Anderlei relata que foi diagnosticado com câncer pela primeira vez aos 32 anos. Depois de ter sido submetido ao tratamento, livrou-se da doença. Três anos depois, porém, tumores voltaram de forma mais grave: houve metástase, ou seja, a doença se espalhou para outras partes do corpo. Pescoço, axila, pulmão, abdomên e cabeça foram afetados.

O carioca que hoje mora nos Estados Unidos, pede para que as pessoas saibam lidar melhor com quem possui a doença.

“Os pacientes com metástase câncer não querem ouvir exemplos como ‘você não tomou as precauções necessárias’, ‘você parece tão bem de saúde’, ‘mas você é tão jovem’ ”, escreveu.



COMENTE

 
câncercâncer de pele