*

Na noite deste domingo (19/3), a empresária Kim Kardashian West falou, em seu programa de televisão, pela primeira vez sobre o assalto do qual foi vítima em outubro de 2016 e impressionou os fãs.

Em um relato emocionado, ela contou às irmãs que teve medo de morrer e que se preparou emocionalmente para ser estuprada. A americana estava sozinha em um apartamento em Paris, quando dois homens armados entraram, vestidos de policiais, renderam o concierge e entraram na casa perguntando pela “esposa do rapper”.

Kim contou que os homens pediram dinheiro e o anel que estava em seu dedo, que ela entregou prontamente. O assalto aconteceu por volta das 3h da manhã, e empresária lembra que estava vestindo apenas um robe.

💔💔 Thankful for my family!! #love #blessed #myeverything #tonight #KUWTK

A post shared by Kris Jenner (@krisjenner) on

Suas irmãs Kourtney e Kendall tinham saído para uma boate e, no primeiro momento, achou que as pessoas que entravam no apartamento eram as duas voltando da festa. Ela foi amarrada na cama enquanto os assaltantes pegavam as joias (que foram avaliadas depois em cerca de 35 milhões de dólares).

Antes de fugir, os homens colocaram uma fita adesiva em sua boca e a puxaram pelas pernas para o canto da cama. Neste momento, Kim achou que seria estuprada e se “preparou emocionalmente”.

Quando viu a arma, também achou que seria morta e pensou na irmã Kourtney. A socialite lembra que rezou para que a irmã conseguisse ter uma vida normal depois de encontrá-la morta na cama. O tempo todo, Kim pedia para o concierge, que falava inglês e francês, contasse para os homens que ela tinha bebês e uma família e pedisse que os mantivesse vivos.

Os assaltantes apenas levaram Kim para o banheiro e a colocaram na banheira. Logo depois, fugiram. A socialite voltou imediatamente para os Estados Unidos, em um avião particular. O episódio de Keeping up with the Kardashians mostra o momento em que ela chega em casa e fala para o marido, o rapper Kanye West, que não queria que as crianças a vissem chorando. As reações da família ao saber da notícia também foram filmadas.

Depois da exibição do programa, Kim usou o Twitter para agradecer a família e os amigos por estarem perto e à polícia francesa pela dedicação em resolver o caso. “Eu não desejaria essa experiência para ninguém, mas aprendi algumas lições valiosas e me sinto muito abençoada por estar em casa à salvo com meus bebês e marido.”



COMENTE

 
assaltoparisKim Kardashian West