*

Kim Kardashian West ficou sob a mira da arma de bandidos em Paris, na noite deste domingo (2/10). Ela estava na cidade com a família para a semana de moda. Cinco homens vestidos de policiais entraram no hotel de luxo que ela estava hospedada, renderam os funcionários da recepção e ordenaram que eles abrissem o quarto da empresária.

A americana estava sozinha quando os assaltantes amarraram seus pés e mãos, tamparam a sua boca com uma venda e a colocaram dentro da banheira. Eles roubaram uma caixa de joias — as peças somavam cerca de R$ 35 milhões — e um dos celulares pessoais de Kim.

A porta-voz da empresária, Ina Treciokas, disse à CNN: “Ela não foi ferida, mas ficou muito abalada.”

Pascal Le Segretain/Getty Images

Kim estava em Paris com a irmã Kourtney e a mãe Kris para prestigiar a Semana de Moda de Paris

 

Após prestar depoimento à polícia, a empresária foi embora da capital francesa, rumo à Nova York, em um avião particular. As irmãs de Kim, Kendall e Kourtney, estavam hospedadas no mesmo quarto de hotel, mas na hora do crime, a dupla se encontrava em uma boate em Paris. Ao saberem da notícia voltaram correndo para ajudá-la.

Kanye West, o marido da americana, fazia um show em Nova York quando recebeu a notícia. Ele interrompeu a apresentação imediatamente, saiu do palco e não voltou mais.



COMENTE

 
parisViolênciaKim Kardashian West