*
 

Pelo terceiro mês consecutivo, o Governo do Distrito Federal atrasou o pagamento do 13º salário para servidores. O dinheiro deveria ter sido creditado na última sexta-feira (7/10), quinto dia útil do mês, para quem fez aniversário em setembro.

O assunto virou piada em grupos de WhatsApp de servidores. Nesta segunda (10), circulou uma mensagem que dizia: “13º já tá na folha”. Logo abaixo, vinha a foto de uma folha de árvore sobre a qual havia o desenho dos números “um” e “três”.

Brincadeiras à parte, as categorias profissionais estão revoltadas com a repetição do atraso. O Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF), por exemplo, publicou nota na sexta (7). “Nos dois meses anteriores, o governo só depositou o benefício na noite do dia 13, ficando disponível no dia 14. Contudo, desta vez não houve sequer uma previsão de data para o pagamento.”

No GDF, o 13° é pago no mês seguinte ao do aniversário do servidor. Mensalmente, o Executivo local gasta R$ 75 milhões com o benefício. Em setembro, o pagamento só foi efetuado no dia 13. Em agosto, o atraso foi de sete dias.

Às 19h50 desta segunda (10), o Palácio do Buriti informou à reportagem que o 13º dos aniversariantes será depositado até a próxima sexta (14). Segundo o governo, a Secretaria de Fazenda ainda está consolidando o valor total do gasto com essa despesa. Em setembro, ao menos 10 mil pessoas foram prejudicadas.

Insatisfação
A demora no recebimento do benefício aumenta ainda mais a insatisfação do funcionalismo público do DF. Servidores têm se mobilizado para pressionar o governo a pagar a terceira parcela do reajuste concedido ainda na gestão Agnelo Queiroz (PT). Os percentuais, que deveriam ter sido incorporados aos vencimentos ainda em 2015, até agora não foram aplicados nos contracheques.

Na última sexta-feira (7), os servidores subiram o tom contra o GDF e promoveram uma paralisação geral. No dia 26, sindicatos realizarão nova assembleia para discutir os rumos do movimento, que pode culminar em uma greve geral. Algumas categorias já cruzaram os braços. É o caso dos agentes penitenciários, que suspenderam as atividades nesta segunda-feira (10).

 

 

COMENTE

GDFatrasopagamentoaniversariantes13º
comunicar erro à redação