">
*
 
 

Depois de perder cargos e poder com a reestruturação do GDF, anunciada nesta sexta-feira (16/9) no Diário Oficial do DF, o vice-governador Renato Santana (PSD) disse à coluna Grande Angular que foi comunicado das mudanças às 19h de quinta (15), num telefonema que recebeu do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Magoado com a redução de seu espaço físico e político no Palácio do Buriti, Santana contou que perdeu 100 cargos, ficando com 29. Ao avaliar a medida como uma retaliação, ele lançou um desafio a Rollemberg: “Se ficar somente o vice, ele vai trabalhar do mesmo jeito, mesmo que sozinho”.

Veja um trecho da entrevista:

 

A minirreforma administrativa no núcleo de comando do Palácio do Buriti tem como principal medida a criação da Secretaria das Cidades. A nova pasta esvaziou as atribuições da Vice-Governadoria, que tinha a gestão das 31 regiões administrativas do DF. As relações entre Rollemberg e Santana chegaram ao grau máximo de tensão com o vazamento dos áudios feitos pela presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues. Nas conversas, o vice critica o governo e cita um suposto esquema de corrupção na gestão do socialista. Marcos Dantas, do mesmo partido de Rollemberg, assume a Secretaria das Cidades.

Logo após ser informado das mudanças, Santana postou uma mensagem no grupo de seus colaboradores e expressou a repulsa com o que ele afirma ser uma “retaliação”.

Confira o texto que o vice-governador divulgou:

ATENÇÃO! Recebi a (sic) pouco uma ligação do Governador Rollemberg, me informando que publicará amanhã a estrutura da Secretaria de Cidades! Lamentavelmente fui informado nessa mesma ligação que uma parte considerável da estrutura da vice governadoria servirá para criação da referida secretaria! Não sabemos efetivamente qual será o tamanho da maldade! Digo maldade, por primeiramente, ter sido comunicado oficialmente hoje às 19h; segundo, se essa é a forma de pessoalmente retalhar-me (sic), por está trabalhando ou por ter dito que não concordo com algumas ações equivocadas de governo! Desempregando inocentes, nos trará imensa tristeza, porém não calará nossa voz e nem freia nossa missão de cuidar de gente! Quero aqui PEDIR que seja qual for o formato, vamos aguardar e nas próximas horas conversaremos! Estejam todos com Deus e vamos, sempre em frente! Juntos!

(Colaborou Maria Eugênia)

Renato Santana
 


COMENTE

Ler mais do blog